6 dicas para melhorar seu design de conteúdo

design-de-conteudo

Qual é a receita do sucesso de uma página na internet? Não existe a fórmula perfeita, mas sim ações para melhorar a experiência do usuário no seu site e promover o entendimento do seu conteúdo através da percepção. Ajudar o usuário a encontrar aquilo que ele está procurando é ideal para a satisfação do seu público ao acessar uma página. O design de conteúdo contextualiza a temática e proporciona experiências através do comportamento natural do usuário na navegação.

É claro que as formas de se desenvolver um projeto de interação – neste caso, um site – envolve uma série de conhecimentos e expertises para que ele se torne acessível. Ao projetar um site leva-se em consideração as melhores práticas de usabilidade, UX (user experience), design e navegabilidade para que se construa uma arquitetura da informação organizada de tal maneira a responder corretamente a diferentes plataformas e acessos. A arquitetura da informação é recorrente aos critérios de análise de relevância de um site pelo Google e abrem a oportunidade para os designers explorarem maneiras de desenhar experiências engajadoras para seus usuários.

Pensando nisso, nossos designers reuniram 6 dicas para que você crie páginas envolventes e potencialize seu engajamento com o público:

 

1- Aposte nas Landing Pages

O termo Landing, em inglês, significa aterrissar. Ele é atribuído, no web design, às páginas pelas quais os usuários ingressam em seu site, uma vez que os buscadores mostram em seus resultados páginas internas e não somente a inicial. Este conceito ressalta a importância do foco no conteúdo para que o usuário encontre aquilo que está procurando. Por isso, seu conteúdo deve ser construído de forma a responder às expectativas de quem busca, sendo consistente e suficientemente completo. Como na home page, a atenção aos detalhes das páginas internas deve ter igual importância.

Como aplicar:

Utilize a navegação vertical, direcionando o usuário ao seu conteúdo por etapas. Neste caso, utilizar o conceito de pirâmide invertida permite que se trate inicialmente do que é mais relevante e deixe para o decorrer da página o aprofundamento aos detalhes. Discorra a respeito de uma palavra-chave e mostre seu conhecimento no assunto.

 

2- Projete a navegação

Ao desenvolver a página inicial, projetamos um ideal de navegação partindo dela. É importante se pensar nesta estratégia nas páginas internas também, utilizando links que abordem assuntos complementares àquele conteúdo, botões e call to action de acordo com a necessidade do projeto. Mantenha o usuário no seu site para melhorar seu posicionamento e atinja seus objetivos de conversão. Utilize hierarquia e equilíbrio para destacar estas áreas de clique. Pensar na saída do usuário é tão importante quanto a entrada.

Trabalhar com um padrão de navegação permite uma agilidade na construção das páginas. A coerência visual garante uma percepção de organização por conta do visitante e facilita o acesso às informações.

Como aplicar:

Se houver, por exemplo, páginas de descrição de serviço, é interessante que os temas que se repetem entre eles estejam na mesma posição. Assim, o usuário encontrará, sempre na mesma área, a informação desejada. Ex: características, benefícios, etc. Isso facilita um comparativo através da similaridade. Você também pode utilizar contraste para recomendar determinada solução.

Mas tome cuidado ao inovar: ter um bom senso aos padrões de navegação (não há segredo, é só navegar) permite um entendimento rápido do conteúdo. O usuário não vai procurar um manual de como navegar em seu site.

 

3- Padronize os elementos

No design de conteúdo a coerência entre as páginas mantém o site organizado, demonstra qualidade e auxilia na construção e fortalecimento da identidade visual da sua empresa. Por isso, é importante se adotar alguns padrões, como:

Tipografia: Utilize o mesmo conjunto tipográfico da página inicial, cuidando para adotar a mesma família de fontes e tamanho para títulos, subtítulos e texto. Algumas tipografias são mais aconselhadas para os títulos e outras para os textos, é importante cuidar para utilizar a família correta e assegurar a compreensão do seu conteúdo. Vale, também, adotar um espaçamento amplo entre as linhas para que a leitura seja facilitada, bem como o alinhamento do parágrafo para a esquerda. Justificar o texto cria espaços irregulares entre as palavras e dificulta a leitura.

Paleta de Cores: Padronize as cores conforme a página inicial e identidade visual da empresa. Você pode facilitar a diferenciação entre os serviços utilizando cores que não destoam da paleta da marca. Se não houver uma pronta, considere criá-la utilizando ferramentas apropriadas, como este site da adobe que cria combinações a partir de uma cor.

Links: Os links devem ser destacados no texto, por isso utilize uma cor diferenciada que esteja presente na paleta de cores definida.

Ícones: Adote o mesmo padrão visual da página inicial para a utilização de ícones nas páginas internas. Evite o uso de ícones elaborados, com luz e sombra, e prefira pictogramas simples, com uma única cor. As chances de acerto serão maiores. Nós criamos nosso banco de ícones, mas há páginas na internet que os oferecem gratuitamente.

Espaçamento: Uniformize o espaço entre os elementos, isto permite uma boa legibilidade e compreensão da informação, além de demonstrar organização. As áreas livres entre um elemento e outro dão destaque ao conteúdo e deixam o visual da página mais agradável e harmonioso. Pode se utilizar o mesmo espaçamento entre elementos da página inicial ou até mesmo o espaço entre alguns elementos do cabeçalho ou rodapé fixos nas páginas internas.

 

4- Utilize boas imagens

Imagens atraem o usuário e despertam atenção ao conteúdo. As fotografias das páginas internas devem estar na mesma identidade da página inicial e materiais gráficos da empresa. Perceba a luminosidade, a temperatura das cores, se há foco em um elemento ou se há um campo de visão ampliado. Mantenha a unidade em cada imagem escolhida para compor o site, ela também é parte da identidade visual da organização. Selecione fotos com enquadramento, qualidade, prefira aquelas que destacam cores próximas à identidade visual da empresa e treine sua sensibilidade para diferenciar uma fotografia amadora de uma profissional.

Como aplicar: 

Além do estilo da fotografia, é interessante perceber como elas estão trabalhadas na página inicial em relação às dimensões e utilização de texto sobre a imagem. Nada impede que o padrão interno seja diferente do início, desde que haja uma unidade.

Mas lembre-se: a utilização de fotografias próprias aumentam sua relevância nos buscadores.

 

5- Cuide da Hierarquia da Informação

Talvez a maior dificuldade de se gerenciar uma página de conteúdo seja em distribuir a informação de forma inteligente e agradável. Para se dar a devida importância ao assunto, é interessante evitar o uso de textos extensos e sem pausa. Crie parágrafos e divida a informação de forma a facilitar o entendimento e demonstrar organização.

Textos bem distribuídos tem mais chances de serem lidos. Para isso, defina subtítulos, dê nome aos blocos, pense na distribuição horizontal da informação e não só vertical. Assim, o usuário encontrará a informação desejada sem grandes esforços. Destaque as informações mais importantes com cores e fontes contrastantes, ilustre-as com ícones e imagens.

A relação entre texto e imagem é hierárquica também, por isso devem ser equilibradas quando associadas. A ilustração de um conteúdo com imagem e de outro com ícone, por exemplo, cria uma diferenciação de importância. Analise com cuidado o texto e adote similaridade para assuntos conexos e contraste para assuntos distintos.

Como aplicar:

Ao se utilizar um texto associado a uma imagem, equilibre-os. Isso demonstra que um está ligado ao outro e permite uma compreensão agradável do conteúdo. Ao adaptar um texto extenso, tenha bom senso para não alterar seu sentido.

E para finalizar…

 

6- Para efetividade do design de conteúdo, Navegue!

É a forma mais efetiva de se perceber os erros e acertos na web. Se inspire nos grandes portais e crie páginas com maior assertividade.